domingo, 2 de janeiro de 2011

Por um momento.

Por um momento eu cheguei acreditar que algumas coisas eu conseguiria deixar em 2010, mas eu percebi que existem coisas que eu vou levar pro resto da minha vida, comigo, aqui dentro. É como tentar rasgar uma foto e não ter coragem, é como querer emagrecer e não ter força de vontade o suficiente, é como entrar num rio e não sentir frio, é como comer seu doce preferido sem vontade.
Eu usei todas essas metáforas só pra dizer que por um momento eu pensei que poderia esquecer uma coisa inesquecível. Não, eu não estou sofrendo ou mal por alguma coisa, eu apenas queria que pensamentos fossem deletados como arquivos, entende?
Por um momento eu pensei que era possível mudar de pensamento e de objetivos, pensei que eu poderia sorrir sem ser um sorriso congelado por momentos que não voltam mais. Talvez isso aqui não faça sentido para muita gente, pois são sentimentos meus, são meus pensamentos, coisas minhas. Sabe quando você guarda coisinhas em uma caixa, tipo, lembranças? Então, eu sou essa caixinha, só que eu estou lotada de lembranças, recordações. Chega um dia em que você precisa jogar algumas coisas foras, pra diminuir as lembranças ou então lembranças que não são mais necessárias. O único problema é ter coragem suficiente pra fazer isso, porque afinal de contas, se essas coisas estão na caixa, é porque foram importantes um dia.

Hoje eu assisti o filme 500 dias com ela, e nossa, eu percebi o quanto eu estou me tornando a Summer, porque afinal de contas, a vida da gente acaba sendo um filme e nem todo filme tem final feliz. Mas acho que isso deve ficar pra outro post.

Ah, eu só pensei por um momento que eu poderia fazer algumas coisas diferentes, tentar fazer algumas coisas voltarem a ser como eram ou pelo menos tentar fazer algo em relação a isso. Não sei como eu consegui ficar tanto tempo parada, é como se eu tivesse me acostumada com a situação, é como se tivesse terminado, como se tivesse chegado o fim da vida. E na real, se tivesse chegado o fim eu não estaria aqui pensando em fazer algo. Se é apenas por um momento ou não, não importa, ainda há tempo.

02/01/2011 às 21:26

6 comentários:

  1. Tem coisas, momentos, pessoas que ficam marcados na alma... é difícil deixar para trás.. Mas, acho que o ponto nem é este.. e sim aprender a conviver e não mais sentir tanta falta!

    Feliz 2011!


    ;D

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela arte e tudo mais.
    O meu ainda está començando, não sei mexer direito nessas coisas. :)

    Tudo ótimo por aqui.
    Seguindo ;*

    ResponderExcluir
  3. teem coisas que não passam mesmo.

    ameeii o blog,parabeeeeeeeeens.


    tô te seguiindo,segue tambem?
    Que 2011 seja doce. '

    beiiijo

    ResponderExcluir
  4. muito obrigada e volte sempre.
    se puder seguir, agradeço :)

    ResponderExcluir
  5. liindo dms *_*
    parabéns, sucesso e um 2011 cheio de conquistas!
    beeijos ;*

    ResponderExcluir
  6. "Como posso apertar a tecla Delete das minhas lembranças e sepultar sem remorso aquilo que um dia tanto me fez bem?"

    Me fiz essa pergunta por muitos anos. E quer saber? Vivo muito bem mesmo sem saber a resposta.

    Um beijo!

    ResponderExcluir